Dois agentes da segurança são mortos em menos de 12 horas

Um agente penitenciário foi assassinado a tiros, ao sair da Cadeia Pública onde trabalhava, no Município de Orós, no Centro-Sul do Ceará. O crime ocorreu na manhã desta sexta-feira (2). O caso foi registrado menos de 12 horas depois que um PM foi assassinado em Fortaleza.

Conforme a Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus), o agente havia saído de seu plantão e estava em uma parada de ônibus, quando foi surpreendidos por homens armados. O agente foi identificado como Carlos Antônio Bezerra, de 34 anos, e era natural de Iguatu.

A Polícia Militar acredita que o agente tenha sido vítima de uma emboscada. As polícias de Orós e Icó realizam diligências em busca dos assassinos do agente penitenciário, mas até o momento ninguém foi preso.

Policial morto 

Na noite da última quinta-feira (1º), um cabo da PM foi morto a tiros por quatro homens encapuzados enquanto estacionava o carro ao chegar em casa. O crime ocorreu no bairro Jangurussu, em Fortaleza. Ele era lotado no Batalhão de Policiamento de Guarda de Estabelecimentos Penais (BPGep), que faz a segurança externa dos presídios no Ceará.

 

Fonte CNEWS