Uma semana depois, ato cultural é realizado na Gentilândia

Um ato cultural será realizado nesta sexta-feira (16), uma semana após a Chacina do Benfica, como ficou conhecido o massacre que resultou na morte de sete pessoas. A manifestação artística começa às 18h e acontecerá nas duas praças do bairro: Gentilândia e João Gentil.

O evento “Juventude pela Vida” tem por objetivo incentivar e assegurar a ocupação das praças do Benfica, local tradicional de encontro da juventude de Fortaleza, especialmente a universitária, e de grupos boêmios da cidade. “Temos convicção de que não podemos ceder ao discurso do medo e a um toque de recolher silencioso”, diz João Victor Escórcio, coordenador da Rede Cuca e organizador do evento.

A Universidade Federal do Ceará (UFC), apoiará a manifestação. “O Benfica é um bairro que se identifica com a UFC. É habitado pelos estudantes da UFC nas horas acadêmicas e de diversão. É um bairro no qual a Universidade investe em requalificação e que precisa continuar vivo e pulsante para o bem de toda a comunidade, e o Corredor Cultural é um bom exemplo desse investimento. Por isso, nos engajamos nessa atividade”, complementa o vice-reitor no exercício da Reitoria, Prof. Custódio Almeida.

Os eventos começarão na Pracinha da Gentilândia com um ato ecumênico às 18h, marcando o sétimo dia do ataque. Em seguida, a ocupação deve se expandir para a Praça João Gentil.

Estão previstas atividades esportivas e recreativas. Para crianças, por exemplo, haverá pula-pula e cama elástica. Para jovens, skate e futsal, além de intervenções urbanas. Também haverá apresentações artísticas e tendas com médicos, enfermeiros e psicólogos orientando sobre problemas de saúde pública, como aids, sífilis e questões relacionadas à redução de danos.

 

Fonte CNEWS