Ceará apresenta crescimento na criação de emprego formal

Trinta e sete municípios cearenses tiveram saldo positivo na geração de trabalho formal no mês de março. Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, aparece no topo da lista com saldo positivo de 302 postos de trabalho, diferença entre 1.205 admissões e 903 desligamentos.

Os dados são referentes fazem parte da pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na semana passada, pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

A diferença entre 28.584 admissões e 28.238 desligamentos, no Estado, gerou saldo positivo de 346 postos de trabalho. Foi o melhor resultado para março – e o único número positivo – desde 2010, quando o saldo foi de 6.450 empregos.

Além de Eusébio, São Gonçalo do Amarante (155), Juazeiro do Norte (141), Tauá (97), Cascavel (78), Caucaia (72), Quixeramobim (64), Limoeiro do Norte (57), Brejo Santo (54) e Barbalha (49) completam a lista dos 10 municípios que mais geraram vagas de trabalho em março. Fortaleza teve o pior desempenho entre as cidades analisadas, com menos 274 vagas de emprego formal.

No acumulado dos últimos 12 meses (março de 2017 a março de 2018), foram 8.955 empregos no Ceará.

 

Fonte CNEWS