América vive ameaça tripla de Covid-19, influenza e vírus VSR, alerta Opas

O número de casos de Covid-19influenza e Vírus Sincicial Respiratório (VSR) aumentou nas Américas e representa uma ameaça tripla, segundo alerta da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

“O aumento de apenas uma infecção respiratória é motivo de preocupação. Quando duas ou três começam a afetar uma população simultaneamente, isso deve nos colocar em alerta”, disse a diretora da Opas, Carissa F. Etienne, em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (16).

Na última semana, as infecções por Covid-19 subiram 17% na região, com aumento de mortes na América do Sul e Central. “Toda vez que relaxamos com esse vírus, corremos o risco de um ressurgimento”, alertou Etienne.

MÁSCARA E DISTANCIAMENTO

Quanto à gripe, há um aumento de casos fora de temporada no chamado Cone Sul, especialmente na Argentina e no Uruguai, e as infecções por VSR também aumentaram consideravelmente, com impacto especial em crianças e bebês menores de um ano, informa a Opas.

Não existe vacina para o VSR, mas as estratégias utilizadas para limitar a propagação da Covid-19 podem ser utilizadas, como o uso de máscaras e o distanciamento social.

OUTROS SURTOS

Quanto a outros surtos na região, Etienne informou que a situação do cólera no Haiti continua piorando, com mais de 700 casos confirmados desde o início de outubro, 7 mil suspeitas e 144 mortes.

As infecções por monkeypox diminuíram na maioria dos países gravemente afetados e não foram relatados mais casos de poliomielite, embora a vacinação permaneça “historicamente baixa”, informou a diretora da Opas.

Fonte: Diário do Nordeste