INSS vai pagar R$ 1,54 bilhão em atrasados para aposentados e pensionistas

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vão receber R$ R$ 1,54 bilhão em atrasados em todo o país. Esses recursos vão quitar dívidas previdenciárias e assistenciais, como revisões de aposentadorias, auxílios-doença, pensões e outros benefícios, de 78.647 processos, com 101.238 beneficiários. As ações foram julgadas em outubro passado e não cabe mais recurso. Os pagamentos serão feitos via Requisições de Pequeno Valor (RPVs), que são ordens de pagamento para quem tem até 60 salários mínimos (R$ 72,7 mil) a receber. O novo lote foi anunciado pelo Conselho de Justiça Federal (CJF) na segunda-feira.

Os créditos serão feitos em contas abertas pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), que abrange Rio de Janeiro e Espírito Santo, no Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal, nos nomes dos ganhadores das ações. Os saques dos R$ 113 milhões os beneficiários devem ficar disponíveis a partir do 5º dia útil de janeiro. Herdeiros do beneficiário da ação têm direito a receber os atrasados.

“Cabe a cada Tribunal regional estabelecer o cronograma de pagamentos das RPVs”, informou o Conselho. As consultas dos valores a receber podem ser feitas nas páginas dos respectivos tribunais na internet.

Como consultar

  • Para verificar se está no lote de atrasados, o aposentado ou pensionista do Rio ou do Espírito Santo deve acessar a página do TRF-2 no link portaleproc.trf2.jus.br.
  • No site, no menu à esquerda da tela, procure o campo “Precatórios/RPV”. Clique em “Consultas”, depois em “Pesquisa ao Público”.
  • Ao digitar o código que vai aparecer na tela, basta clicar em “Confirmar” para concluir a consulta.
  • Para facilitar a pesquisa na página do Tribunal, os segurados do INSS devem ter o número do requerimento do processo ou o CPF do ganhador do processo ou o número da ação.

Valores destinados aos TRFs no país

TRF da 1ª Região (DF, MG, GO, TO, MT, BA, PI, MA, PA, AM, AC, RR, RO e AP)

Previdenciárias/Assistenciais: R$ 624.015.991,49 (31.988 processos, com 36.656 beneficiários)

TRF da 2ª Região (RJ e ES)

Previdenciárias/Assistenciais: R$ 113.105.887,14 (5.559 processos, com 7.338 beneficiários)

TRF da 3ª Região (SP e MS)

Previdenciárias/Assistenciais: R$ 225.880.700,79 (8.159 processos, com 9.878 beneficiários)

TRF da 4ª Região (RS, PR e SC)

Previdenciárias/Assistenciais: R$ 350.894.861,59 (19.034 processos, com 24.433 beneficiários)

TRF da 5ª Região (PE, CE, AL, SE, RN e PB)

Previdenciárias/Assistenciais: R$ 229.207.811,57 (13.907 processos, com 22.933 beneficiários)

(*)com informação do Jornal Extra

Fonte: Ceará Agora