Chuvas superam a média para janeiro em mais de 50 municípios do Ceará

Faltando poucos dias para o fim de janeiro, mais de 50 municípios do Ceará mostram ter acumulado um volume de chuvas superior à média esperada para o mês. Os dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos são parciais, e o balanço pode mudar nos próximos dias a depender das precipitações. A maior variação é em Granjeiro, no Cariri, onde a média observada até o momento é mais que o dobro do esperado para o mês. Anualmente, o município acumula média de 160,8 milímetros (mm) de chuva no primeiro mês do ano. Até esta terça-feira, 24, o acumulado médio registrado é de 342 mm – um desvio de 112,7%.

Depois de 15 dias seguidos registrando chuvas, Fortaleza também está na lista de municípios cujo acumulado médio tem um desvio positivo em relação à média normal para o mês. A Capital costuma registrar média de 117,1 mm e neste mês tem, até o momento, 131,8 mm.

O Ceará tem maior probabilidade de chuvas acima da média no trimestre de fevereiro a abril de 2023, segundo prognóstico climático divulgado pela Funceme. Conforme o estudo, as probabilidades são de 50% para precipitações acima da normalidade, 40% em torno dela e 10% para chuvas abaixo da média climatológica. O prognóstico indica ainda, alta variabilidade espacial e temporal na distribuição das chuvas no estado.

Fonte: Ceará Agora