Pente fino mira, em 2024, 7 milhões de beneficiários do Bolsa Família e BPC

Após o corte de 1,7 milhão de beneficiários unipessoais, o Bolsa Família vai passar por uma rigorosa fiscalização em 2024: o pente fino permanente será realizado pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome como medida para evitar pagamentos irregulares.

A revisão das informações tem como alvo 7 milhões de cadastrados no Cadastro Único (CadÚnico) — base de dados utilizada para o pagamento dos benefícios sociais do governo federal – começou no ano passado e será ampliado em 2024. De acordo com o Governo, essas pessoas estavam recebendo o benefício irregularmente ou integravam uma família maior, mas diziam morar sozinhos. A revisão atinge beneficiários que não tiveram dados atualizados em 2019, 2020 ou 2021, que apresentem inconsistência na renda declarada ou inconsistência na composição familiar.

Fonte: Ceará Agora